O que é uma Fintech?

Entenda tudo sobre Fintechs e os diferentes tipos

Imagem de O que é uma Fintech?

A era da tecnologia chegou para revolucionar não apenas televisores, smartphones e veículos, mas também os hábitos da população. Dentre as inovações que surgiram nos últimos anos, as fintechs tem feito toda diferença na vida do consumidor moderno.

Na prática, esse modelo de negócio vem ganhando um espaço significativo no Brasil. Para se ter uma ideia, de acordo com dados do Finnovation, o país já possui 504 fintechs e esse número só tende a crescer.

Mas, apesar de toda popularidade, entender o que é uma fintech, os tipos e quais são as suas atuações, pode ser um desafio. Por isso, separamos abaixo alguns tópicos que podem te ajudar nessa missão.

Mas, afinal, o que é uma fintech?

Fintech é a junção de dois termos em inglês onde traduzidos financial (financeiro) e technology (tecnologia). Desta forma fintechs são soluções totalmente digitais de empresas e startups para movimentação e controle financeiro.

O principal objetivo das fintechs é acabar com toda burocracia que existe nas instituições financeiras tradicionais. As enormes filas são substituídas por rápidos processos. Toda a papelada perde espaço para simples cliques. E os longos períodos de espera no telefone dão lugar a comunicação de mensagens instantâneas.

Tipos de fintech

De fato, as fintechs chegaram para inovar completamente as finanças. Mas, engana-se quem pensa que elas estão resumidas apenas aos bancos digitais. Na verdade, as fintechs podem oferecer diferentes produtos e serviços. Como por exemplo há as fintechs focadas em crédito, empréstimo, investimento, controle pessoal, câmbio, seguros e, até mesmo, gestão financeira empresarial.

Ao menos uma vez todos já ouviram falar do Google Pay, Mercado Pago, PayPal e Nubank, certo? Você sabe o que todas essas empresas têm em comum? A facilidade de pagamento.

Basicamente, essas fintechs viabilizam todas as transações financeiras relacionadas a transferências, depósitos e, até mesmo, pagamentos de boletos bancários ou contas. Além disso, grande parte das organizações desse segmento também oferecem cartão de crédito, débito ou cartão pré-pago.

Cada um desses tipos surgiu com o objetivo de solucionar de maneira simples e prática alguns processos que seriam burocráticos e demorados.

Quais os diferenciais de uma fintech?

As fintechs são essencialmente constituídas em tecnologia e esse é o principal diferencial. São marcadas por aplicativos modernos e plataformas inovadoras, que permitem todos os processos financeiros necessários.

Entretanto, essa não é a única característica das fintechs. De modo geral, elas são ágeis, seguras, inovadoras, qualificadas e possuem preços atrativos, recursos que têm conquistado dezenas de novos consumidores todos os dias.

Esse modelo de negócio é seguro?

Clientes acostumados com enormes filas como as dos bancos, e boletos em papel impresso tendem a desconfiar de novas tecnologias e processos totalmente online. Entretanto, temos uma notícia bastante animadora: os órgãos públicos estão antenados nas mudanças e eles têm criado normas que regulamentam esses novos métodos.

Mas, apesar de toda essa facilidade, é fundamental que o consumidor avalie a reputação da empresa antes mesmo de começar qualquer tipo de negociação. Simples cuidados como esse te permitem entrar no mundo da tecnologia e inovação com segurança.