O que é Spam?

Entenda o significado da palavra e sua origem

Spam é um termo utilizado para descrever mensagens eletrônicas não solicitadas pelo usuário, sendo mais comumente usado para descrever e-mails não solicitados. Normalmente os emails de Spam são propagados para muitas pessoas através de programas de disparo de emails que são capazes de enviar uma mesma mensagem para milhares de pessoas em questão de minutos, normalmente usados para fazerem propagandas ou para obter dados dos usuários com mensagens enganosas quando estes emails são criados por cibercriminosos.

Termos relacionados ao Spam

Diante da popularização do envio de spam que afeta muitas pessoas todos os dias, outras palavras derivadas são comumente utilizadas, e para entender ainda mais profundamente o que é Spam cabe conferir os seguintes significados:

  • Spam: São e-mails ou mensagens eletrônicas não solicitadas pelo usuário.
  • Spamming: É o ato de praticar Spam através do envio de mensagens eletrônicas não solicitadas em massa.
  • Spammer: É a pessoa ou empresa que pratica o spamming, enviando emails não solicitados.

De onde surgiu a palavra Spam

Alguns dizem que a palavra spam é uma abreviação derivada de uma expressão em inglês “Sending and Posting Advertisement in Mass“, que significa “Enviar e Postar Publicidade em Massa“. Outros já dizem que é um acrônimo de outra expressão em inglês “Stupid Pointless Annoying Messages” que traduzido seria algo como “Mensagem ridícula, desnecessária, e incômoda”. Mas além dessas e de muitas outras hipóteses sobre a origem da palavra Spam a mais aceita de todas diz que o termo originou-se da marca SPAM, que é um produto alimentício de carne suína enlatada algumas vezes descrita como salsicha ou presunto que é fabricada pela empresa Hormel Foods Corporation, que após ser usada em programa de humor da TV na década de 70, chamado Monty Python, parece ter dado ênfase ao termo.

Lata de Spam alimentício

Lata de Spam alimentício

No episódio um casal comum da época chega a uma espécie de lanchonete repleta de vikings e pergunta o que tem disponível no cardápio, uma atendente de balcão cita todos as opções de café da manhã, e por incrível que parecça todas as refeições são feitas com Spam, e não existe a opção de pedir algo sem Spam. Então se ouve que todos os vikings amam o produto, quando começam a cantar várias vezes repetidas o nome do produto. Veja o vídeo que deu origem ao termo: Vídeo Monty Python – Origem da palavra Spam.

Algumas dicas para se prevenir contra o Spam

Depois de entender bem o que é Spam, também é bom saber algumas dicas para não recebermos Spam. A Seletronic separou algumas a seguir:

  • Nunca forneça seu e-mail para sites desconhecidos. Alguns sites oferecem Ebooks grátis e outros vantagens como downloads grátis através do cadastro de um e-mail apenas para capturar o endereço de e-mail para fins comerciais. Muitas vezes isso é uma porta de entrada em uma lista de envio de Spam, visto que um site que captura emails, pode também fazer parte de uma rede de envio de publicidade não autorizada.
  • Não publique seu e-mail em lugares públicos como redes sociais, blogs, ou sites deixando isso visível para o publico.
  • Ao enviar seu e-mail pelas redes sociais ou chats em aplicativos, envie em uma conversa privada.
  • Ao enviar mensagens com seu e-mail para outros faça o possível para enviar uma imagem no lugar do e-mail escrito. Isto por que existe programas especializados em filtrar textos para obter emails para o envio de Spam. Como esse programas distinguem um e-mail de uma palavra através do sinal @, substituí-lo de forma legível e inteligente para o destinatário pode ser outra grande proteção.

Links para você!