Threads do processador – O que são e para servem? | Seletronic
Ofertas Cupons Hoje é Prime Day

Threads do processador – O que são e para servem?

Entenda o que são Threads e para o que eles servem em um processador nessa explicação fácil de entender

- 5 min de leitura
Threads do processador – O que são e para servem?
Google News Telegram

Se você ainda não sabe o que são Threads e para o que eles servem em um processador, fique tranquilo que ensinaremos de uma maneira bem simples o que isso é, como funcionam no seu computador e como podem te ajudar! Uma Thread basicamente é responsável pelas ações e atividades do processador do seu PC, como vamos ver a seguir:

O que são Threads  do processador?

Thread é um termo bastante comum de se ver nas fichas técnicas de processadores, mas acontece que muita gente fica sem entender o que ele é capaz de fazer pela sua máquina. Entender o conceito dos Threads é importante para que você saiba escolher as peças do seu futuro computador. A tradução de Thread do inglês significa ‘’linha’’ ou “fio”. Ele representa o número de ordens de execução que são desencadeadas ao mesmo tempo no seu PC.

Você certamente já percebeu que ao abrir e executar muitas atividades ao mesmo tempo o computador tende a ficar mais lento. E isso acontece pois essa limitação de velocidade está diretamente ligada aos Threads! Ou seja, se o seu processador tiver apenas 1 Thread, ele não poderá realizar mais de uma atividade ao mesmo tempo. E embora pareça que está exercendo várias execuções de tarefas simultâneas, na verdade ele está intercalando em grande velocidade! O que deixa claro que por mais rápido que ele seja, não conseguirá trabalhar em duas coisas simultâneas de maneira absoluta!

E é por isso que os Threads podem fazer toda a diferença no desempenho do processador do seu computador! Com mais de um Thread trabalhando você poderá executar mais de uma tarefa simultânea sem interrupções no seu processador. O que garante muito mais desempenho e velocidade no procedimento.

Entenda o conceito de Thread e Multi Threads

Você ainda não sabe o que são Threads e para o que eles servem em um processador? De uma maneira geral, os threads definem como o processador vai funcionar. Ele recebe e executa as instruções. E isso acontece tão rapidamente que passa a sensação de que as ações são automáticas. E na verdade não são. Pois um CPU com apenas 1 thread tem apenas uma linha de trabalho. O que limita a realizar uma única ação por vez. Ou seja, os processadores multi threads vão ser muito mais vantajosos, pois possuem a capacidade de operar em diversas frentes de operações ao mesmo tempo.

Qual a relação entre Threads e núcleos?

CPUs com mais de um núcleo podem dar conta de possuir mais de uma thread ao mesmo tempo. O que garante uma evolução expressiva de performance. Ou seja, quando se fala que um processador é dual-core, quad-core ou hexa-core, o termo indica que o CPU tem múltiplos núcleos independentes que vão funcionar como processadores individuais. E cada um deles corresponde a uma thread específica (linha de execução). Fato que permite que os chips consigam executar tarefas simultâneas. Pois cada um deles fica encarregado de uma sequência específica de informações diferentes. E assim aumenta a performance do sistema.

Também é importante lembrar que esses processadores multicore conseguem executar múltiplas tarefas, mas nem sempre executam múltiplas linhas de instruções ao mesmo tempo. Pois o suporte dessa característica depende do tipo de aplicação que será usada. Além disso, muitos programas não tiram um bom proveito da presença de diferentes núcleos e acabam utilizando apenas 1 thread.

O que é a tecnologia Hyper-threading?

Já ouviu falar em Hyper-threading ou Simultaneous multithreading (SMT)? Esse conceito vem ganhando adesão, e basicamente, se trata de uma espécie de evolução da tecnologia Super Threading. A diferença é que ele não tem a limitação de que todas as instruções executadas ocorram em um mesmo ciclo de processamento em uma mesma thread.

 

Ou seja, a tecnologia de Hyper-thread permite que todas as threads sejam executadas em paralelo. E por serem executadas separadamente dentro de cada núcleo de processador existente no computador, conseguem um resultado ainda melhor.

Com esse tipo de processamento ele pode aproveitar os recursos dos processadores com muito mais otimização. E ainda melhora a performance multithread dos programas.

Resumidamente, pode-se afirmar que a tecnologia hyper-threading habilitada garante que o sistema operacional funcione com múltiplos processadores ao invés de apenas um. Desse modo 1 único processador físico pode ser tratado pelo Sistema como se fosse 2 processadores virtuais dividindo as suas tarefas entre eles.

Um bom exemplo dessa tecnologia é vista no Core i7 da Intel, que apesar de possuir 4 núcleos físicos, pode simular o funcionamento de 8. E o processador Intel® Core™ i9-10900K de dez núcleos , pode executar até 20 threads quando o Hyper-Threading está ativado.

Tudo isso depende diretamente do suporte ao recurso nas aplicações executadas e também da qualidade da tecnologia. Ou seja, o desempenho vai variar de geração para geração de processadores. E a tendência é que os Threads se tornem cada vez mais aprimorados com o tempo, tanto na questão numérica quanto na otimização de cada um deles, o que garante uma evolução expressiva de performance.

Marcus é o fundador da Seletronic. Além disso, é programador, e editor no site. Ama ajudar as pessoas a resolverem problemas com tecnologia, por isso criou esse site. Segundo ele: "A tecnologia foi feita para facilitar a vida das pessoas, então devemos ensinar a usá-la". Apesar de respirar tecnologia, ama plantas, animais exóticos e cozinhar.

Categorias

Menu Explore o conteúdo!
Dark Mode