Tipos de certificado SSL e suas diferenças

Certificado SSL - Entenda as diferenças de cada um

Imagem de Tipos de certificado SSL e suas diferenças

Se você tem a intenção de investir em um e-commerce, não basta apenas contar com uma boa plataforma e seus complementos. A questão da segurança é um requisito fundamental para que a sua loja virtual seja bem sucedida. Hoje em dia muitas pessoas já preferem efetuar compras por meio de lojas virtuais, pois o e-commerce cada vez mais vem demonstrando ser mais prático e rápido.  Porém, e com razão, várias pessoas ficam preocupadas com a questão da segurança nas compras online.

Afinal, para efetuar tais transações é necessário fornecer dados importantes, tais como senhas e documentos, por exemplo. E são nesses casos que entra em cena o certificado SSL, para garantir a segurança dos seus clientes e também a sua.

Atualmente é praticamente impossível pensar na questão do comércio online sem pensar na presença do certificado SSL. Ele é tão relevante que hoje em dia empresas sérias, que oferecem hospedagem de site, disponibilizam em seus melhores planos esse protocolo.

Vale salientar que ao priorizar a segurança do seu site você, indiretamente, estará favorecendo o SEO, conferindo a ele mais credibilidade e melhores posições nas páginas de resultado do Google e outros sites de buscas.

SSL – Diferentes maneiras para manter a segurança

O termo SSL consiste nas iniciais de Secure Socket Layer. Essa “Camada de Soquetes Segura” é um mecanismo desenvolvido no ano de 1994, pela empresa Netscape. Por meio da utilização de criptografia, o protocolo SSL codifica os dados oriundos de uma conexão entre um navegador e o servidor de onde o conteúdo está sendo acessado. Essa conexão resulta em uma chave que apenas esses dois lados possuirão e que terá capacidade de decodificar os dados fornecidos e traduzi-los em informação legível.

Atualmente é possível contar com três tipos distintos de certificado SSL. São eles o de Validação do Domínio, Validação da Organização e Validação Estendida. Cada um deles conta com características próprias. Veja cada um deles a seguir:

Validação do Domínio

É o certificado SSL mais conhecido. Ele apresenta o nível básico de segurança e apresenta um custo bastante acessível. Em determinados casos, algumas empresas de hospedagem de site disponibiliza para os seus usuários de forma gratuita. Caso você ainda não tenha seu domínio clique aqui.

Por contar com o nível básico de proteção, ele é o mais recomendado para quem gerencia um blog pessoal ou um site institucional.

Validação de Organização

Pode-se afirmar que esse certificado SSL se trata de um nível intermediário, pois além dos elementos tradicionais de segurança ele também traz dados relevantes a respeito da organização, ou seja, da empresa, que porta o domínio.

Esse tipo de certificado é o mais recomendado para aqueles usuários que gerenciam uma loja virtual de porte médio, bem como para sites de determinadas empresas.

Validação Estendida

Dos três tipos esse é considerado o mais avançado. O nível de segurança dele é maior. Inclusive ele dá ênfase para o nome da empresa na URL antes do domínio.

A Validação Estendida é mais recomendada para lojas virtuais já consolidadas no mercado, bem como para sites de grandes empresas.

A distinção entre o certificado SSL e o SiteLock

O SiteLock, assim como o protocolo SSL, também consiste em uma ferramenta de segurança, sendo também apta para sites e lojas virtuais. No entanto, é válido destacar as diferenças entre eles.

Um ponto básico de distinção entre ambos é que o certificado SSL tem o intuito de proteger os dados que são compartilhados entre o visitante e o site.

Por outro lado, o SiteLock tem o objetivo de detectar em seu site ameaças, tais como ataques de hackers e malwares.

Para efetuar esse procedimento, o SiteLock realiza varreduras e é tão útil quanto o certificado SSL. Por essa razão, se você almeja contar com uma proteção completa, vale a pena poder contar com ambos.

O certificado SSL e a quantidade de domínios

A quantidade de domínios e de subdomínios que o certificado SSL pode proteger também é considerada um fator de identificação. Vaja a seguir como isso funciona:

Certificado SSL de Domínio único

Ele possibilita que só um domínio tenha condições de usar o certificado. Caso haja a necessidade de fazer a instalação em outro endereço ou subdomínio, é preciso obter uma nova licença.

Certificado SSL de Multidomínios

De acordo com o próprio nome, ele possibilita que vários domínios consigam usar o mesmo certificado. No entanto existe um limite para a quantia de domínios que podem ser inseridos no certificado.

Além disso, dependendo da empresa que o emite, essa quantidade pode sofrer variações.

Certificado SSL Wild Card

Ele também é conhecido como “Curinga”, e é o mais adequado para aqueles sites que contam com muitos subdomínios, pois ele pode ser utilizado em todos os subdomínios relacionados ao site principal.

Conclusão

A pauta da segurança faz toda a diferença para o êxito de um projeto na web, especialmente quando se trata de lojas virtuais. Ao garantir a segurança nas suas transações, você vai dar destaque para algo essencial a qualquer negócio.

Portanto, ao escolher um domínio para o seu projeto, bem como uma boa hospedagem de sites, lembre-se também de dar atenção para o certificado SSL.