Entenda suas obras favoritas: dicas para escrever resenhas críticas 

Foto de Marcus Tavares
Por

Entenda a maneira adequada de escrever uma resenha crítica

Imagem de Entenda suas obras favoritas: dicas para escrever resenhas críticas 
Anúncio

O gênero textual resenha crítica não é resumido apenas à análise de filmes e livros veículados na mídia. Em vista disso, sua análise pode ser realizada a partir de obras acadêmicas, tornando o resumo crítico propício também para o ambiente acadêmico.

Devido à sua aplicação ampla, a maneira adequada de escrever uma resenha crítica pode passar por debaixo do tapete em algumas situações. No entanto, é fundamental lembrar que, independente do meio de veiculação, a resenha é um texto crítico, ou seja, deve ter caráter analítico.

Agora que você sabe qual deve ser o tom da sua resenha, você deve entender a estrutura do gênero textual, para depois incorporar o conteúdo. Uma dica para entender melhor a estrutura de qualquer gênero textual, incluindo resenhas críticas, é fundamental que você esteja acostumado com o mesmo.

Por exemplo: uma pessoa que tem o costume de ler exemplos de resenha crítica de um livro antes de iniciar a leitura terá mais facilidade ao escrever a sua própria. Além disso, há a possibilidade de escrever resenhas de um texto, artigo científico e até mesmo de uma peça de teatro a partir de um modelo, desde que os detalhes que você adicione tornem seu texto original.

De maneira resumida, para iniciar a sua resenha crítica você deve elaborar uma síntese do texto. Esta é uma maneira de começar a contextualizar o leitor acerca da análise imparcial que será realizada no decorrer da resenha temática.

Em seguida, entre em detalhes específicos no corpo do texto, como o significado por trás de falas e ações, cenários ou até mesmo no figurino de personagens. Feito isso, você está livre para começar a conclusão da sua resenha acadêmica, a qual deve trazer um sumário de todas as idéias abordadas no texto. No caso de uma resenha argumentativa, tente convencer o leitor e influenciar sua decisão de consumir o conteúdo ou não.

Caso queira melhorar suas habilidades de escrita de resenhas críticas, utilize de textos disponíveis para resenhas críticas.

Cinco dicas para fazer uma resenha crítica de um filme

Há diversos aspectos que compõem a resenha crítica ideal, como o uso da linguagem adequada ao meio de veiculação, conteúdo, profundidade da análise e outros.

Primeira dica: adeque a linguagem utilizada na resenha ao meio de veiculação da mesma. Por exemplo: não adianta seguir as normas da ABNT à risca se você estiver recomendando seu filme favorito à um amigo próximo.

Segunda dica: preste atenção aos “easter eggs”. “Easter egg” é a terminologia utilizada para indicar uma mensagem escondida em um filme ou série, esses podem ser: itens do passado da personagem, personagens de outras ou da mesma franquia, objetos que passaram a ser spoilers escondidos com o tempo entre outros.

Encontrar easter eggs não é uma tarefa fácil e exige que você seja muito atento e um verdadeiro amante do cinema. Por isso, para facilitar o processo de caça aos easter eggs, lembre-se de checar: a organização de um cômodo importante no cenário, o figurino dos atores, personagens secundários, objetos estranhos, esquemas de cores e seus significados e muitos outros aspectos do filme.

Terceira dica: não fique preso ao subjetivo. Apreciar o esforço e trabalho da equipe de animação, cenário, criação de objetos e figurino é tão fundamental quanto valorizar o trabalho dos atores, diretores e autores de uma obra. Procure entender as intenções de cada um desses profissionais de maneira profunda, aprimorando a sua resenha.

Quarta dica: caso a obra seja relacionada com outras, como no caso de trilogias e séries, realize conexões e elabore uma análise do desenvolvimento da história e do plot. Há diversos fatores que podem afetar a continuidade da história, como a mudança repentina de franquias, diretores, atores e escritores de roteiro (com a exceção de obras baseadas em textos já publicados).

Quinta dica: divida a sua resenha em critérios de avaliação, como: engajamento com o público, desenvolvimento do plot, relevância das cenas, etc. Assim, você conseguirá desenvolver um sistema que tornará a sua avaliação – e consequentemente recomendação- mais imparcial.

Sexta dica: Analise as técnicas de filmagem. Os ângulos dizem muito do que será o resultado final de uma cena, um frame com bastante zoom adiciona ar de dramaticidade, enquanto um panorama maior irá intensificar a sensação que é passada de acordo com o tipo de cenário, podendo servir até mesmo de elemento surpresa após diversas cenas que mostravam pouco do set de filmagem.

Categorias