O que é SSD?

Entenda o que é armazenamento SSD, como essa tecnologia funciona e quais as vantagens que ela traz para o seu dispositivo

Imagem de O que é SSD?

SSD é uma tecnologia de armazenamento de dados não volátil, que armazena dados em memória flash de estado sólido de onde a sigla é derivada (Solidade State Drive), que traduzida do inglês significa Unidade de Estado Sólido. A projeção e configuração da arquitetura do Hardware de armazenamento SSD é totalmente otimizada para oferecer alto desempenho durante a leitura e gravação de dados através de solicitações sequenciais e aleatórias.

Os seres humanos apresentam de maneira dinâmica, diversos tipos de inovações referentes a tecnologias. Passamos, por exemplo, das cartas ao Whatsapp, em um piscar de curtos anos.

Se tratando de tecnologia, os estudos e avanços são diários. Um celular comprado hoje, terá sua tecnologia frente a um celular feito a poucos meses a frente.

Mantendo a conversa sobre tecnologia e inovação, o SSD (solid-state drive), é considerado a evolução dos Discos Rígidos (HD). Aprenda a seguir mais sobre essa tecnologia!

SSD: Uma nova tecnologia

Existe uma grande mudança entre o HD e o SSD, tudo isso está na maneira de funcionar de cada um. No HD, os sistemas são magnéticos, compostos por braços mecânicos que executam, a leitura de um disco. Já o SSD, não possui partes móveis e armazena seus dados por meios de um circuito integrado semicondutor. Uma mudança inquestionável.

O que muda ou  melhora na prática com o uso de SSDs?

Muitas pessoas se perguntam: “O que muda na prática?”, e a resposta trazemos a vocês… Muda muita coisa! A eliminação das partes mecânicas, tornam os SSDs totalmente silenciosos e mais rápidos.

Mais velocidade para o computador e o sistema operacional: Nos SSDs, se tem um acesso mais rápido à memória flash contida em relação aos meios ópticos e magnéticos. Desta forma os SSDs conseguem alcançar velocidades muito superiores às dos HDs, aumentando o desempenho de computadores e seus sistemas operacionais a níveis inimagináveis principalmente quando o assunto é cópia e a leitura de dados que estão presentes no armazenamento. Isto simplesmente faz o computador iniciar bem mais rápido, pois esse é um dos principais processos que acessam os dados do armazenamento.

Hoje em dias os próprios desenvolvedores de sistema operacional, como por exemplo a Microsoft aconselha usar um SSD para a melhor performance.

Carrega mais rápido os jogos: Outra coisa incrível que um SSD é capaz de fazer, é quase que simplesmente resolver problemas de carregamento de jogos. Sabe  aqueles jogos que demoram para abrir mas que depois que estão abertos funcionam normalmente?

Isso é porque o sistema precisa carregar dados do armazenamento para poder gerar determinados recursos dos jogos. Se diminuirmos através de um SSD o tempo do carregamento de determinados arquivos o jogo em si abre mais rápido e carrega outros níveis de forma mais rápida.

São mais resistentes: De uma coisa, você pode ter total certeza! Os SSDs também são realmente mais resistentes que os HDs. Isso os fazem perfeitos para computadores tidos como portáteis, como os notebooks.

Enquanto quem possui um HD precisa se preocupar com a integridade do disco que não pode sofrer qualquer pequeno impacto, e alguns casos serem utilizados em determinadas posições devido ao braço mecânico, com o SSD essa preocupação quase não existe.

Entenda o funcionamento do SSD

Os SSDs são bem mais leves (em relação ao HD). Além disso, aguentam mais a temperatura de calor (em média 70°) e ainda conseguem realizar as funções de leituras ou gravações de maneira bem avançada e veloz. Os dispositivos chegam a gravar a velocidades superiores a 250 MB/S e em média 750 MB/S na leitura da memória já salva.

Isso quer dizer que além da facilidade no transporte, resistência a impactos e temperaturas, os SSDs conseguem também apresentar melhores funcionamentos nas ações de leituras e gravação. Os números apresentados realmente são fantásticos.

Os modelos de SSDs

De acordo com a necessidade de cada usuário e hardware, os SSD são projetados em diversos formatos diferentes para diversas conexões diferentes. Tanto para serem compatibilizados com padrões mais antigos e para serem utilizados em padrões mais novos que oferecem ainda mais velocidade. Existem SSDs que só podem ser usados em computadores Desktop, e modelos que podem ser usados em notebooks ou em ambos através de adaptações ou não. Veja os modelos de conexão mais utilizados a seguir:

Tipo de Conexão Imagem
SATA SSD SATA
mSATA SSD mSATA
M.2 SSD M.2
Pci-Express SSD Pci-express
SATA Express

Os Valores dos SSDs

Realmente essa não é a melhor parte de nossa matéria. Os SSDs já estão mais em conta desde o lançamento da tecnologia, mas ainda se mostram distante de serem vistos como um produto barato.

Um SSD de 480 GB, custa um valor acima de 300 reais. Algo visto com um acesso reduzido, para a maioria dos brasileiros. Já o HD de 2 TB, custa em média o mesmo valor que o SSD citado acima. A diferença de uma memória de 480 GB para 2 TB é gritante, mesmo assim os valores se equiparam no mercado.

Com a avanço da tecnologia e o investimento das grandes empresas, o barateamento dessa inovação acontecerá em questão de tempo. Isso porque as grandes empresas começaram a produzir em grande escala, o que fará que daqui alguns meses ou anos, o valor do SSD esteja mais acessível.

Por fim, tornou-se notável, as muitas melhorias do SSD se comparado ao HD. Maior velocidade no carregamento e gravação, o SSD ainda se mostra mais resistente ao calor. O SSD é silencioso e melhor para computadores portáteis. No mais, o SSD se mostra a melhor escolha para armazenamento, mesmo não tendo valores tão acessíveis.

Ficou alguma dúvida sobre a tecnologia SSD? Pergunte no Fórum Seletronic e nós teremos o prazer esclarecer suas dúvidas!