Atualizações de segurança estendidas do Windows 7 vão dobrar o preço anualmente

Atualizar o Windows 7 durantes os próximos anos pode pesar no bolso mesmo de grandes empresas

Imagem de Atualizações de segurança estendidas do Windows 7 vão dobrar o preço anualmente

Não é novidade que o suporte de atualizações gratuitas do Windows 7 acaba em 2020. E também já foi anunciado que apenas clientes corporativos poderão continuar a receber suporte e atualizações para o sistema operacional da Microsoft, de forma que ela está oferecendo três anos de atualizações de suporte para esse sistema em um novo programa chamado Extended Security Updates (ESU).

O Preço para atualizar o Windows 7

O preço para as atualizações foi vazado em alguns sites estrangeiros, e a questão é que para organizações que usam Windows Enterprise o primeiro ano de atualizações passa a custar $25 dólares adicionais por computador, e isso vai dobrando a cada ano sendo assim $50 dólares no segundo ano e $100 dólares no terceiro ano.

O preço é mais salgado para empresas que usam o Windows 7 pro, onde o primeiro ano custará $50 dólares por dispositivo dobrando a cada ano. Dessa forma o segundo ano já passa para $100 dólares e o terceiro para $200 dólares.

Para termos uma ideia lógica, a cobrança a cada ano pode significar o real desejo da Microsoft criar um fardo para empresas que desejam continuar no sistema operacional mais antigo, o que pode fazer com que as empresas optem logo a passar a usar uma versão mais recente do sistema operacional da Microsoft como o Windows 10. E vale lembrar que nem todos poderão optar por esse suporte estendido visto que a Microsoft já disse ele só será oferecido a grandes clientes corporativos e educacionais que optam por licenciamento por volume, ou seja aqueles que possuem grandes quantidades de máquinas para atualizar e para instalar o sistema.