Pix já tem data prevista para dar um basta ao TED e DOC

O método de transferência eletrônica mais esperado do ano já tem data para chegar

Imagem de Pix já tem data prevista para dar um basta ao TED e DOC

O Pix é sem duvida o método de pagamento e ou transferência mais esperado do Ano, pois com eles as transações bancarias se tornarão muito mais rápidas, e deixaremos de precisar dos famosos TED e DOC, que hoje são conhecidos pela demora na efetivação. A boa noticia é que o Banco Central Do Brasil (BC) já tem data para começar a operar com esse novo recurso que promete efetivação das transações entre 2 a 10 segundos.

Segundo o BC o início da operação plena do Pix está confirmado para o dia 16 de novembro de 2020.

Alem disso o BC informa que as instituições participantes do PIX já poderão começar a cadastrar seus clientes a partir do dia 5 de outubro, onde será necessário fornecer a esses cliente uma chave que deve ser o número de telefone celular, CPF, CNPJ ou endereço de e-mail, para tornar mais fácil a identificação do recebedor dos pagamentos por parte dos clientes dessas instituições.

Um pacote de 10 transferências pela modalidade do Pix vai custar as instituições bancarias R$ 0,01 centavos. Mas cabe as instituições bancarias quererem repassar esse valor para os clientes. Esperamos que essa nova modalidade também nos livre dos absurdos preços impostos pela métodos tradicionais atuais como TED e DOC.